17/12/2012

Natanael - Um israelita no qual não há dolo


Seguido o batismo de Cristo,cumprindo a justiça de Deus,o Senhor inicia seu ministério chamando aqueles que seriam seus apóstolos.Inicialmente Andre e Pedro,seguido de Filipe,o qual compartilhou da graça com Natanael.Este Natanael,que também é o mesmo Bartolomeu em Marcos 3.18,foi de encontro a Cristo,pelo convite de Filipe,questionando se realmente o Messias predito por Moisés era vindo.Natanael era de Caná da Galileia próximo a Cafarnaum (Jo.21.2),onde se realizou o primeiro milagre de Jesus.

- Evangelho de João 1.43-49 -

I-O Cristo Galileu:

Havia em Natanael uma quanto a realidade da manifestação do Messias.Duvidava que Nazaré pudesse ser o lugar onde o Ungido do Senhor acharia abrigo(v.46).A região da Galileia,ao norte da Palestina,tinha uma população formada sobretudo por judeus,mas, por sua mistura com povos pagãos e dialeto próprio(Mt.26.73) os galileus eram desprezados pelo judeus como ignorantes e traidores da Lei(Jo.7.41;Mc.14.70).E,talvez,por ter se fixado em Nazaré,tendo sua família ali,seja o motivo da dúvida de Natanael.

Já neste momento fica claro toda toda a repulsa que muitos judeus teriam ao Mestre.A marca de 'nazareno' que Cristo possuía,seria carregada por Ele até a cruz do Calvário (Jo.19.19).As características de um Cristo nazareno,que desprezou os palácios para apregoar o ano aceitável do Senhor aos humildes (Lc.4.18-19),não seriam aceitas por muitos judeus.

II-Duas Confissões de Poder:

O propósito do Evangelho de João é apresentar ao mundo Jesus Cristo,de forma a evidenciar que Ele é o Verbo de deus,isto é,mostrar que Ele,e somente Ele,é a voz de Deus na qual devemos nos basear e utilizar no acesso ao pai.O apóstolo,ao apresentar o salvador do mundo,não deixou de evidenciar aqueles que compreenderam que Jesus Cristo é o Senhor.Ao longo deste Evangelho de João,o escritor revela aquelas pessoas que confessaram verbalmente a divindade de Jesus:(1) João Batista [1.34]; (2) Pedro [6.69]; (3) o cego curado [9.35-38] (4)Marta [11.25];(5)Tomé [20.28] e (6) Natanael [1.49],alé, do próprio Senhor (5.25;10.36).E,nesta oportunidade,veremos a confissão de Natanael sobre Jesus e a confissão do próprio Senhor Jesus acerca de Natanael.

Logo quando vê Natanael,Cristo faz uma declaração acerca daquele filho de Abraão,dizendo que aquele é um israelita que não tem nenhuma violação à lei de Deus (v.47).Daquela confissão de Jesus,podemos tirar algumas conclusões sobre Natanael:

  1. Tinha um espírito submisso à Palavra de Deus (Rm.2.28-29) - No momento que Jesus faz tal confissão sobre Natanael,deixa claro que aquele homem era alguém que mantinha uma conduta de devoção genuína ao Deus de Israel.
  2. Tinha uma Palavra divina sobre si (2Tm.2.12) - Quando é formada a Escola Apostólica por Jesus,com os 12 discípulos,é bom lembrarmos que a escolha de quem seriam os apóstolos não foi por sorteio ou obra do acaso,mas,na realidade, se deu baseado em vidas que espiritualmente mantinham uma sede de Deus.No caso de Natanael,o próprio Cristo revela porque o havia chamado,evidenciando que sobre ele havia uma palavra divina que mostrava sua fidelidade.
E Natanael,ao ter um encontro com Jesus,logo teve uma experiência sobrenatural com o Mestre.Jesus,conhecendo as dúvidas do coração de Natanael,mostra-lhe que ele sonda os pensamentos e esquadrinha os corações,no momento em que fala que o contemplava debaixo da figueira(v.48).Jesus apresenta situações que somente Natanael conhecia:

  1. Conhece o caráter(v.47) - Jesus,como Deus,sabia (e sabe) aquilo que carregamos em nosso espírito e coração.Ele nos sonda completamente( Pv.21.2;Ap.2.23) e
  2. Sabe os caminhos(v.50) - O Senhor,já no início do ministério traz esta segunda evidencia a Natanael,algo que somente aquele que é o onipotente Deus saberia (Jó.23.10; Sl.103.14; 142.3).
Experimentando dessa manifestação evidente de que Cristo é o Messias de Deus,Natanael não tem como fugir e,então, é convencido pelo Espírito de que aquele é realmente o Senhor e o confessa publicamente (v.49).Naquele momento,não há mais dúvidas e a confissão de Natanael torna-se o motivo pelo qual Deus o aceita.

*  *  *  *  *  *  * 
E você,leitor,o que Deus tem dito a seu respeito? qual tem sido a confissão de Cristo ao teu respeito? 

(Baseado em João 1.43-49)

Ads


Compartilhe!