18/05/2009

FUNDAÇÃO DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS DO BRASIL


A história das Assembléias de Deus no Brasil está intimamente ligada ao Avivamento Pentecostal que ocorreu em 1906 nos E.U.A.,pois naquele movimento renasce a chama de evangelização no povo americano e inflama o mundo com a mensagem de que Cristo salva, cura, liberta, batiza com o Espírito Santo e com fogo e, em breve, virá arrebatar a sua Igreja.A mensagem,a despeito do que muitos crêem não mudou,apenas voltou-se a crer que Jesus ainda mantinha permanente a promessa descrita em Atos 2.39,onde vê-se claramente que a manifestação espiritual concernente ao recebimento do poder do Espírito Santo ainda está de pé.

Nesse contexto de avivamento,dois nomes tornaram-se de fundamental importância à vinda da mensagem pentecostal ao Brasil.Dois jovens pastores batistas,chamados Gunnar Vingren e Daniel Berg,suecos morando na América, estavam em pleno fervor espiritual por ocasião do Avivamento Pentecostal que varria o povo americano.Tendo o mesmo pensamento com relação à obra de Deus, os dois pastores batistas tornaram-se muito próximos e percebiam que Deus os guiava para uma função específica juntos e,em uma visita de Daniel Berg a Gunnar Vingren em South Bend, Deus, através de uma mensagem profética numa reunião de oração,direcionou-lhes para a missão de pregar o evangelho pleno de Jesus a uma terra desconhecida,terra chamada PARÁ.Como era de se esperar,os dois pastores batistas não sabiam onde ficava tal local,mas sabiam que Deus abriria todas as portas e que era de fato um propósito divino.Após uma pesquisa minuciosa,chegaram à conclusão que aquela terra fazia parte do Brasil,Patria onde Igrejas Históricas já haviam se instalado e,durante muito tempo,foram as únicas mensageiras de Deus ao povo brasileiro.

Nossos amados irmãos saem dos EUA trazendo na bagagem apenas a certeza de que Deus estava ainda mais com eles e que aquele seria o início de uma grande obra em terras brasileiras.No dia 19 de novembro de 1910,em um dia de sol,na amada Belém do Pará,os dois pastores desembarcam do Clement,sem conhecerem ninguém naquela cidade desconhecida.Como um dos grandes costumes dos partidários do movimento pentecostal,os amados pastores puseram-se a orar a Deus em uma praça de Belém.Como Gunnar Vingren e Daniel Berg estavam até aquele momento ligados à Igreja Batista na América,foram conduzidos à Igreja Batista de Belém e foram apresentados ao responsável(a Igreja não estava com pastor eleito para direcionar o trabalho).Passaram a frequentar a Igreja,sabendo que era uma obra independente.Mas os problemas ainda estavam por vir e não foi do mundo, mas, da Igreja!

Dedicados muito intensamente à oração nossos pioneiros tinham um espírito totalmente dedicado ao chamado de Deus(ainda que os pastores trabalhavam para se manter),o que não foi entendido pelos demais irmãos batistas brasileiros, que não tinham tais práticas e que desconheciam o ocorrido em 1906 na memorável rua Azusa,em Los Angeles,Califórnia.Com desenvoltura e eloquencia pregavam a mensagem da salvação e a promessa do derramamento do Espírito Santo.Dessa forma,muitos irmãos batistas creram e duas irmãs,chamadas Celina Albuquerque e Maria Nazaré não somente creram,mas também daclararam publicamente sua fé.Determinada a receber o cumprimento da promessa, Celina, numa quinta-feira à uma hora da manhã de dois de junho de 1911,enquanto orava,foi batizada com o Espírito Santo,isso mesmo,como em Atos 2 aquela irmã falou em línguas desconhecidas e ela foi, portanto, a primeira pessoa em terras brasileiras a ser batizada no Espírito Santo.Logo a notícia correu e na Igreja Batista uns creram e outros permaneceram na tradição,dois partidos estavam criados.No dia 10 de junho a Igreja estava em efervescencia ,ninguém faltou.A irmã Celina lá estava,mas não permitiram que dirigisse a classe da escola dominical da qual era responsável.Como a Igreja não tinha pastor um determinado irmão(que me reservo o direito de não citar o nome),numa atitude tiotalmente arbitrária,excluiu aqueles que tinham interesse de estudar a doutrina do Espírito Santo.

No dia 18 de junho de 1911,os 17 irmãos que foram arbitrariamente excluídos,convidaram Daniel Berg e Gunnar Vingren para que os pastoreasse e,assim fundava-se a Igreja Assembléia de Deus,que nas décadas seguintes espantaria o mundo com a pujança de seu crescimento.No que diz respeito às questões doutrinárias,a única diferença é a crença no batismo do Espírito Santo,a pregação fiel da Palavra permaneceu e em 4 de Abril de 1913 a Igreja envia o primeiro missionário a terras estrangeiras, para Portugal.E assim foi pelos anos que se sucederam, a expansão do Evangelho de nosso Senhor Jesus alcançou terras remotas e,assim,a Igreja Assembléia de Deus tem apregoado a Mensagem de Cristo,que afirma que ele: SALVA, CURA, LIBERTA, BATIZA COM ESPÍRITO SANTO E COM FOGO E EM BREVE VOLTARÁ!
Louvado seja Deus pelos seus santos caminhos e propósitos!

Bibliografia utilizada:Fundamentos bíblicos de um autêntico avivamento,Claudionor Correa,2004-Cpad,Rio de Janeiro.

14/04/2009

MANIFESTANDO O CARATER DE CRISTO

"Vós sois o sal da terra;e,se o sal for insipido,com que se há de salgar?Para nada mais presta,senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo;não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire,mas no velador,e dá luz a todos que estão na casa.Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso pai ,que está nos céus."(Mt.5.13-16)

Deus chama o seu povo a uma vida diferente daquela que o mundo apresenta,levando,então, o cristão,como servo de Deus, a ter uma vida diferente daqueles que não são da fé.Ser cristão é mais que frequentar uma igreja,mais que seguir mandamentos,etc,é,antes de tudo isso,ser testemunha de Cristo através de uma vida no altar.

1-CRISTO-ETERNO PADRÃO:

O cristão,como este título sugere,tem de demonstrar as características de Cristo.Jesus em todos os momentos em que estava na terra expôs atitudes contrárias ao que o mundo consideraria 'normal' .Em diversos casos Ele quebrou protocolos,fez coisas que as tradições não aprovavam ,vejamos alguns casos:(a)teve compaixão da mulher pega em adultério(Jo.8.1-11);(b)mostrou salvação à samaritana (Jo.4.1-18)-os judeus não se relacionavam com os samaritanos(v.9);(c)comeu com cobradores de impostos(Lc.5.27-32)-odiados por todos;etc.Tudo isso fez Ele com o intuito de glorificar ao Pai.Mesmo demonstrando características diferentes do mundo, Ele não condenava que praticava tais atos (Jo.3.17;Lc.9.56).
Os cristãos fomos chamados para manifestar a glória desse santo Deus revelado em Jesus Cristo (1Pe.2.9).O Espírito Santo ajuda-nos a viver diligentemente a vontade de Deus para nós(Rm.8.26) e, uma vez que temos a ajuda do Espírito, participamos da natureza divina (1Pe.1.3-7).O Senhor Jesus é o nosso modelo (Mt.11.29;1Pe.2.21)!

2-ATITUDES QUE MOSTRAM O CARATER CRISTÃO EM NÓS:

O novo testamento nos mostra que há uma série de atitudes,definidas como 'fruto do Espírito',que é obra do Espírito Santo exclusivamente (Gl.5.22-26).Cada aspecto do fruto ,mostra-nos a manifestação do Espírito Santo em nós,que afeta o nosso próximo.Este ato de afetar ao próximo remete-nos ao texto citado anteriormente,pois aponta duas características básicas do sal:(a)o sabor e (b)o poder de preservar da corrupção. Ao mesmo tempo que a nossa vida é um deleite aos outros que não são da fé,é também,um modo de calar a voz da corrupção que há no homem pecador.
A produção deste fruto não é algo humano,mas espiritual .Só produzimos fruto se estamos em Cristo (Jo.15.5;Fp.1.11). Portanto,se estamos em Cristo é impossível sermos pessoas pecaminosas ,enganadores, devedores, de língua torpe, falsos, odiosos, etc.(Mt.7.16-18).

CONCLUSÃO:
'Declar que é de Cristo temum peso muito grande,mas o que pesa mais são nossas atitudes confrontadas com o que declaramos.'

Ads


Compartilhe!