31/08/2012

A teologia da prosperidade - John Piper

Hoje,John Piper nos fala um pouco sobre a questão da falsa teologia da prosperidade são dois videos,o primeiro só tem 3 minutos,dá pra assistir numa boa e compartilhar o segundo é um pouco mais longo tem 11 minutos mas vale a pena você assistir e indicar,Deus abençoe.





"Voltemos ao Evangelho"

29/08/2012

A Igreja pós-moderna


Em 2011,Igreja Assembléia de Deus no Brasil comemorou seu primeiro centenário.O que mais nos chama atenção é,sem dúvida,as mudanças que a denominação sofreu no decorrer deste período.É inegável que este século foi o século do Pentecostalismo mundial,no entanto,como pode um movimento tão grandioso,com um alcance mundial perder tanto de seu espaço,alvo e,acima de tudo,identidade?

O movimento dissidente da Igreja Batista de Belém parecia que seria apenas mais uma seita com idéias anti-bíblicas.Com o passar do tempo,porém,percebeu-se que era um movimento plenamente Protestante e,sobre tudo,um movimento Bíblico.Um século depois,percebemos irmãos batistas falando em línguas,orando fervorosamente,crendo nos dons espirituais.O movimento Pentecostal alcançou o inimaginável:os mais tradicionais de nossos 'opositores'.Hoje com uma percepção diferente acerca dos dons e manifestações do Espírito, batistas, presbiterianos, metodistas, tradicionais de uma forma geral,puderam observar nas Escrituras, o respaldo para crer nas manifestações do Espírito Santo.

Por outro lado,a Igreja que foi o seio do pentecostalismo no Brasil,vive um momento muito delicado em sua identidade.Diferentemente dos pentecostais que nos precederam,hoje podemos viver de uma maneira muito diferente dos cristãos que viveram antes de nós.Hoje algumas Assembléias de Deus admitem práticas que eram repudiadas e tidas como diabólicas.No âmbito espiritual,muitos líderes assembleianos não estimulam tanto a prática da oração como algo indispensável à vida do crente,não pregam tanto usando 'cajado', pregações de auto ajuda não são raridade em alguns ministérios.Já no âmbito social,há uma certa ligação entre alguns ministérios e a política(o que até algum tempo era inimaginável...), presidentes de ministério vivendo uma vida regalada,sem a entrega ao santo ministério.Parece que ocorre o inverso:o ministério é quem entrega tudo ao pastor,enquanto que deveria ocorrer o contrário.

Idéias que corriam apenas sobre os 'neo-pentecostais' atingem algumas partes desta imensa Igreja.Doutrinas repudiadas(como o triunfalismo,doutrina da prosperidade, etc) saem dos lábios de muitos pregadores pentecostais,até mesmo a auto-ajuda tem seu espaço em muitas mensagens.Modismos que eram combatidos(G-12,cair no poder,unções anti-bíblicas e por aí vai...) pelos pioneiros, hoje são adotados sem problemas por alguns.É o reflexo de uma Igreja que caminha para seu primeiro centenário.

Talvez possa parecer uma total apostasia,no entanto,se observarmos com cuidado,será que não ocorreu o mesmo quando lá em Belém,no Pará,a Igreja se dividiu?Veja:os pentecostais saíram dos históricos(tradicionais),os neo-pentecostais saíram de onde? dos pentecostais! saíram como? de modo diferente,mas, o caso é que o engano neo-pentecostal é defendido como crença irrefutável por eles.Infelizmente, o nosso centenário,o primeiro,será marcado por uma mácula nos objetivos espirituais que faziam parte daqueles que iniciaram este ministério que inflamou o século passado.

Enquanto os pioneiros participavam dos cultos de oração,hoje muitos participam dos cultos da vitória; enquanto os pioneiros evangelizavam a tempo e fora de tempo,hoje repelimos os pecadores; enquanto os pioneiros clamavam os dons espirituais,hoje clamamos por um carro zerinho.Afinal de contas,qual o objetivo da Igreja hoje?perdemos o foco?amamos o pecador?evangelizamos?ou será que evoluímos muito para isso? muitos de nós não fazemos nada disso.

Como em todo tempo,há um remanescente fiel,firme à crença de Gunnar Vingren e Daniel Berg!O mover Pentecostal tem,com certeza, o que comemorar mas temos que reassumir nossa identidade para que não vivamos a glória do passado,da mesma forma que o Movimento Wesleyano,o Movimento Batista,etc... que sejamos mais que passado...

17/08/2012

O Evangelho salva do Moralismo - John Piper

A partir desta sexta-feira estaremos incluindo o conteúdo divulgado no youtube de pregações relacionados ao "Voltemos ao Evangelho",com o intuito de disseminar essa ideia e propagar aquilo que realmente a Bíblia diz no tocante a conduta cristã.Todas as sextas feiras teremos alguma pregação do youtube que trate de comportamento cristão,da volta ao evangelho puro e simples.Serão, obviamente,videos de curta duração,com uma exposição bem rápida e direta, para que também você,amado leitor,possa compartilhar o conteúdo que estaremos trazendo. Esperamos que edifique sua vida e mude o nosso pensamento  daquilo que entendemos como Igreja atualmente,afinal de contas,o show precisa parar!Alguns dos melhores expositores bíblicos serão figurinhas carimbadas no neste blog,somente os verdadeiramente bíblicos serão disseminados pelo Blog Verdade Profética, reiterando nosso compromisso com a genuína Palavra de Deus e o respeito ao que ela ensina. 


VOLTEMOS AO EVANGELHO.

12/08/2012

A sabedoria,um bem divino


"1 Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e entesourares contigo os meus mandamentos,

2 para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido, e para inclinares o teu coração ao entendimento;

3 sim, se clamares por discernimento, e por entendimento alçares a tua voz;
4 se o buscares como a prata e o procurares como a tesouros escondidos;
5 então entenderás o temor do Senhor, e acharás o conhecimento de Deus.
6 Porque o Senhor dá a sabedoria; da sua boca procedem o conhecimento e o entendimento;
7 ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; e escudo para os que caminham em integridade,
8 guardando-lhes as veredas da justiça, e preservando o caminho dos seus santos."
(Provérbios 2)


Atualmente vivemos um tempo onde se dá mais valor aquilo que para nada se aproveita que para aquilo que é assinalado,pelas Escrituras,como algo de real proveito no empenho.Uma das recomendações do Pai é justamente a que tenhamos uma dedicação especial e genuína ao estudo,ao aprendizado,uma inclinação a aprender e descobrir,tanto os mistérios celestiais como descobrir as características  do mundo que nos rodeia,os temas que são recorrentes a nós, aquilo que é mais defendido, enfim, Deus se importa que,como seres pensantes que somos, apliquemo-nos ao aprendizado.Prova disto é as recorrentes recomendações bíblicas,bem como os exemplos de homens e mulheres que se dedicaram ao aprendizado dos temas que estavam à sua volta e faziam parte de suas épocas.

Na descrição bíblica,a sabedoria é colocada como como o bem superior a todos os demais.Deus coloca a sabedoria como aquilo que é capaz de superar os bens desta terra e todo o conforto que possamos usufruir neste mundo,dizendo que ela é capaz de produzir frutos mais rentáveis e lucrativos que o ouro ou a prata.Na descrição bíblica aquilo que aprendemos é capaz de gerar em nós resultados mais satisfatórios que qualquer outro bem.

"13 Feliz é o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire entendimento;
14 pois melhor é o lucro que ela dá do que o lucro da prata, e a sua renda do que o ouro.
15 Mais preciosa é do que as jóias, e nada do que possas desejar é comparável a ela.
16 Longura de dias há na sua mão direita; na sua esquerda riquezas e honra.
17 Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas são paz.
18 É árvore da vida para os que dela lançam mão, e bem-aventurado é todo aquele que a retém."
(Provérbios 3)
Ao continuar narrando o texto de Provérbios 3,o salmista mostra que a manifestação de Deus,como aquele que cria e realiza sua intenção,é fruto da capacidade divina de estabelecer seu pensamento utilizando a própria sabedoria e, obviamente que a sabedoria de Deus é insondável e inatingível(Sl.92.5;Jó.9.10; Rm.11.33).A nós,porém,é concedida uma porção da sabedoria,que nos faz conhecer parte das obras grandiosas que Deus realiza e,esta sabedoria que nos é concedida,é capaz de transformar o ambiente em que vivemos e mudar situações completamente.Esta sabedoria será capaz de nos guardar em todos os nossos caminhos,de forma a não tropeçarmos.

"21 Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos: guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso;
22 assim serão elas vida para a tua alma, e adorno para o teu pescoço.
23 Então andarás seguro pelo teu caminho, e não tropeçará o teu pé."

(Provérbios 3)

Como fruto da sabedoria que adquiriremos,haverá a honra em todos os nossos caminhos,por onde passarmos e andarmos teremos a marca divina com realizações maravilhosas.

"35 Os sábios herdarão honra, mas a exaltação dos loucos se converte em ignomínia."
(Provérbios 3)
 Ou seja,tudo aquilo que empreendermos será consumado,uma vez que estabelecido num pensamento genuinamente bem edificado.

04/08/2012

Servos de Cristo, porém, livres



"Ali se aninhará a coruja e porá os seus ovos, e tirará os seus filhotes, e os recolherá debaixo da sua sombra; também ali os abutres se ajuntarão uns com os outros." - Isaías 34.15.

 A conotação da palavra servo nas Escrituras Sagradas é o termo escravo.

No Evangelho escrito por Mateus, capítulo 25, encontramos o registro de algumas parábolas contadas por Jesus Cristo em que Ele aborda a questão importante da vigilância constante na caminhada cristã. Um dos ensinamentos do Mestre é a lição dos talentos, quando refere-se ao cristão como servo.

Na parábola, um homem rico sai em viagem de negócios e em atitude de confiança entrega seus bens para três servos administrarem. Para que eles tenham condições de cumprir as tarefas, segundo suas capacidades, ao primeiro o senhor entrega cinco talentos - moeda grega usada naquela época -, ao segundo, dois talentos e ao terceiro, um talento. Na ausência do senhor, o servo que recebera cinco moedas esforçou-se e ganhou outras cinco; o que tinha em mãos duas moedas conquistou outras duas; mas, o que recebeu um talento não quis granjeá-lo e o guardou em lugar secreto. Quando o senhor retornou, fez a prestação de contas com os três servos. Elogiou aqueles que trabalharam e dobraram os valores, oferecendo a eles as benesses que tinha. E ao que apenas devolveu o dinheiro recebido, disse-lhe que deveria ao menos ter levado o dinheiro ao banco, para que rendesse algum juro, considerou-o um servo mau e negligente e o encaminhou às trevas exteriores, local de choro e sofrimento.

É imprescindível considerar a Jesus Cristo como Senhor para ser um autêntico cristão. Veja: Mateus 25.14.30; Lucas 19.12-27. A ordem dEle é pregar o Evangelho para todas as criaturas em todas as nações. Como conhecedores e participantes do plano da salvação, a atitude esperada é a obediência voluntária.

Todos os cristãos são livres e capacidados para usar as aptidões que possuem em favor da expansão do Evangelho em todas as nações. Não existe um só ser humano na face da Terra que não possua aptidões natas, dadas por Deus,  para comunicar-se com seus semelhantes de alguma maneira.  E como servos do Senhor, temos o dever de usar as características natas da nossa personalidade para conscientizar as almas perdidas sobre a real existência além túmulo, dizer que há o céu e o inferno. 

Jesus liberta o ser humano das garras do pecado, e realmente o torna livre (João 8.36). A pessoa que tem um encontro com Cristo é liberta. Em toda situação de liberdade existe a necessidade de lidar com a responsabilidade. A liberdade do cristão implica em praticar a ordem de ir ao mundo pregar o Evangelho aos que ainda estão aprisionados pela força do pecado. A decisão correta do cristão, liberto, é usar a liberdade responsavelmente, enviando a mensagem de libertação ao mundo.

O cristão precisa ter disposição para usar toda a inteligência, perspicácia, suas qualidades mentais e físicas para expressar amor ao próximo dizendo-lhe que todos somos pecadores e que só Jesus salva o pecador arrependido. 

Ninguém escapará do momento da prestação de contas. Anexo à parábola sobre o trio de servos, reflitamos sobre a profecia contida em Isaías 34, emitida aos israelitas. Através dela entendemos claramente que o Senhor não trata nenhum inocente como culpado e não inocenta quem tenha culpa. São duras palavras de juízo, porém, exercício de juízo justo, em que escapam do castigo divino apenas os animais selvagens, porque eles não possuem deveres a cumprir naquela situação. E o pecador verdadeiramente arrependido.

São muitos os cristãos parecidos com o servo que recebeu apenas um talento. Todo cristão precisa levar em conta que o valor recebido para trabalhar é exatamente a quantia que ele tem capacidade para administrar. Então, é preciso pôr mãos à obra.

Faça a sua parte e empenhe-se na missão de evangelização de almas. De uma maneira ou outra, envolva-se em projetos de evangelismos locais e missões cristãs transculturais.

Talvez, não se sinta preparado para ir à luta, então, administre a "moeda" para que renda juro no banco. Entendo que a situação do "banco" seja a questão de financiar missionários e evangelistas em suas atividades ministeriais. Se não encontra em si mesmo a compêtencia de sair em campo, não enterre o talento que está em suas mãos, patrocine financeiramente evangelistas e missionários.

Texto original de Eliseu Antônio Gomes do Blog Belverede 

Publicado originalmente em:http://belverede.blogspot.com.br

02/08/2012

Não temas porque Eu sou contigo!


"6 Também darei paz na terra, e vos deitareis, e ninguém vos amedrontará. Farei desaparecer da terra os animais nocivos, e pela vossa terra não passará espada."
(Levítico 26)


A promessa trazida aos fiéis era muito clara:se houvesse obediência a Deus,nada traria o medo para a comunidade de fé.O grande problema é que sempre aparecia diante do povo de Deus situações adversas,situações que ninguém gostaria de passar. Obviamente que o a chuva (assim como o sol) nasce para os justos e para os injustos,ou seja,há tempos bons tanto para os que temem a Deus como para os que não temem,e,também, há os tempos ruins para as duas classes de pessoas : "...porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos." (Mt.5.45).Todavia,muitos dos temores que seguiam ao povo israelita eram relacionados a situações geradas por povos infiéis a Deus,idólatras, opositores da Mensagem do Pai que vinham contra eles,mais numerosos e capazes de assolar o povo com guerras, assolações e até a morte.

Deus,porém,sempre garantiu a Seu povo que daria vitória sobre as adversidades e sobre os opositores e que,por isso,não havia (como não há,hoje) o motivo do temor,ou medo daquilo que se nos é contrário.O próprio Moisés,diante do grande Mar,com um numeroso povo a seu comando,povo este que,ao contemplar os carros de Faraó imaginaram que o Deus que fez promessas de restauração e honra,não era suficientemente poderoso para as cumprir,imaginaram,por um segundo,que o humano e falho Faraó tinha condições de duelar contra o galardão de Jacó,permitiram que a incredulidade os consumisse.Naquele momento Moisés assume seu papel de um grande guia,um grande sacerdote e ministro diante daquele povo e solta,pra todos ouvirem:"13 Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que ele hoje vos fará; porque aos egípcios que hoje vistes, nunca mais tornareis a ver"(Êx.14.13).Moisés sabia que aquele medo da multidão seria vencido, uma vez que eles entendessem que o poder de Deus se aperfeiçoa em momentos que não temos forças e nem esperanças:"9 e ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo."(2Co.12.9).

O Salmista,ao ministrar o Salmo 91,no verso 5,revela que,o terror da noite não cobrirá,nem assombrará aqueles que estão habitando no abrigo de Deus.Sobre nós,também,que habitamos no abrigo de Deus,não sobrevirá o espanto noturno, não seremos surpreendidos pelo opositor pois aquele que nos guarda não está desatento,com sono e cansado por ser nosso atalaia,mas,temos uma proteção total e completa pois somos guardados por aquele que o sono não é capaz de dominar,nem mesmo as circunstâncias o movem do seu lugar,pois aquele que nos guarda é o Deus de Israel.

"3 Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não dormitará.
4 Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel.
5 O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua mão direita.
6 De dia o sol não te ferirá, nem a lua de noite.
7 O Senhor te guardará de todo o mal; ele guardará a tua vida."

(Salmo 121)


Tamanho é o poder daquele que é conosco que Ele assegura vitórias sobrenaturais pelo simples fato de estar presente em nossas vidas,Ele diz: vai porque Eu sou contigo,Eu sou...,e é o bastante!Diante das batalhas,essa era a garantia do povo,a presença Dele era o motivo,e é o motivo,de haver possibilidade de conquista mesmo diante de uma multidão implacável,a presença Dele garante que as multidões se renderam e a Terra se cale diante das testemunhas que levantam a bandeira do SENHOR.

"17 Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados e vede o livramento que o Senhor vos concederá, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o Senhor está convosco."(2Cr. 20)

Diante disso,só nos resta arvorar a bandeira do SENHOR,marcar o lugar,que será o palco da grande vitória de Deus diante daquilo que nos tenta assombrar e colocar medo,temor e uma sensação de impotência,e marcar este ambiente que será um local marcado como uma terra de conquistas.É,agora,o momento onde o SENHOR nos chama a contemplar as conquistas pela Fé vendo o mover sobrenatural do Seu Espírito Santo.

"5 Anunciai em Judá, e publicai em Jerusalém; e dizei: Tocai a trombeta na terra; gritai em alta voz, dizendo: Ajuntai-vos, e entremos nas cidades fortificadas.
6 Arvorai um estandarte no caminho para Sião; buscai refúgio, não demoreis; porque eu trago do norte um mal, sim, uma grande destruição."

(Jr.4)

E,lembre-se,levante a bandeira do SENHOR e marche rumo a vitória,entendendo que Deus salva o seu ungido,ao Eleito, Deus não desamparará,em nome de Jesus.


"5 Nós nos alegraremos pela tua salvação, e em nome do nosso Deus arvoraremos pendões; satisfaça o Senhor todas as tuas petições.
6 Agora sei que o Senhor salva o seu ungido; ele lhe responderá lá do seu santo céu, com a força salvadora da sua destra.
7 Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus.
8 Uns encurvam-se e caem, mas nós nos erguemos e ficamos de pé."

(Sl.20)

Não temas!

"10 não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.11 Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que se irritam contra ti; tornar-se-ão em nada; e os que contenderem contigo perecerão.12 Quanto aos que pelejam contigo, buscá-los-ás, mas não os acharás; e os que guerreiam contigo tornar-se-ão em nada e perecerão.13 Porque eu, o Senhor teu Deus, te seguro pela tua mão direita, e te digo: Não temas; eu te ajudarei.14 Não temas, ó bichinho de Jacó, nem vós, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel."(Is.41)

Não Temas,em nome de Jesus ! 

Ads


Compartilhe!