14/04/2009

MANIFESTANDO O CARATER DE CRISTO

"Vós sois o sal da terra;e,se o sal for insipido,com que se há de salgar?Para nada mais presta,senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo;não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire,mas no velador,e dá luz a todos que estão na casa.Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso pai ,que está nos céus."(Mt.5.13-16)

Deus chama o seu povo a uma vida diferente daquela que o mundo apresenta,levando,então, o cristão,como servo de Deus, a ter uma vida diferente daqueles que não são da fé.Ser cristão é mais que frequentar uma igreja,mais que seguir mandamentos,etc,é,antes de tudo isso,ser testemunha de Cristo através de uma vida no altar.

1-CRISTO-ETERNO PADRÃO:

O cristão,como este título sugere,tem de demonstrar as características de Cristo.Jesus em todos os momentos em que estava na terra expôs atitudes contrárias ao que o mundo consideraria 'normal' .Em diversos casos Ele quebrou protocolos,fez coisas que as tradições não aprovavam ,vejamos alguns casos:(a)teve compaixão da mulher pega em adultério(Jo.8.1-11);(b)mostrou salvação à samaritana (Jo.4.1-18)-os judeus não se relacionavam com os samaritanos(v.9);(c)comeu com cobradores de impostos(Lc.5.27-32)-odiados por todos;etc.Tudo isso fez Ele com o intuito de glorificar ao Pai.Mesmo demonstrando características diferentes do mundo, Ele não condenava que praticava tais atos (Jo.3.17;Lc.9.56).
Os cristãos fomos chamados para manifestar a glória desse santo Deus revelado em Jesus Cristo (1Pe.2.9).O Espírito Santo ajuda-nos a viver diligentemente a vontade de Deus para nós(Rm.8.26) e, uma vez que temos a ajuda do Espírito, participamos da natureza divina (1Pe.1.3-7).O Senhor Jesus é o nosso modelo (Mt.11.29;1Pe.2.21)!

2-ATITUDES QUE MOSTRAM O CARATER CRISTÃO EM NÓS:

O novo testamento nos mostra que há uma série de atitudes,definidas como 'fruto do Espírito',que é obra do Espírito Santo exclusivamente (Gl.5.22-26).Cada aspecto do fruto ,mostra-nos a manifestação do Espírito Santo em nós,que afeta o nosso próximo.Este ato de afetar ao próximo remete-nos ao texto citado anteriormente,pois aponta duas características básicas do sal:(a)o sabor e (b)o poder de preservar da corrupção. Ao mesmo tempo que a nossa vida é um deleite aos outros que não são da fé,é também,um modo de calar a voz da corrupção que há no homem pecador.
A produção deste fruto não é algo humano,mas espiritual .Só produzimos fruto se estamos em Cristo (Jo.15.5;Fp.1.11). Portanto,se estamos em Cristo é impossível sermos pessoas pecaminosas ,enganadores, devedores, de língua torpe, falsos, odiosos, etc.(Mt.7.16-18).

CONCLUSÃO:
'Declar que é de Cristo temum peso muito grande,mas o que pesa mais são nossas atitudes confrontadas com o que declaramos.'

Compartilhe!