18/07/2014

E,Deus vos deu um cérebro...

E,Deus vos deu um cérebro...

Na criação do homem, quando o Eterno decidiu estabelecer uma classe distinta dos demais seres criados, Ele não somente estabeleceu um modelo extremamente diferente,mas, como selo da diferenciação entre os homens e as demais criaturas, foi-nos concedido algo que aos demais não foi permitido: O sopro divino. A natureza de Deus, inatingível e insondável por nós, é derramada em nós de uma maneira sublime: Deus, após moldar Adão, por suas próprias mãos, sopra e concede o fôlego, concede o Seu próprio Espírito de vida em nós, conferindo não o aspecto físico da divindade,mas, acima de tudo, uma parte do carater e da essencia dEle mesmo. Através do sopro incutido por Deus em nós, uma natureza nova e elevada é estabelecida. Não seríamos apenas criaturas mecânicas, levadas por seus próprios instintos e guiada por sua carne,mas, por este sopro divino, a capacidade de discernir, própria da natureza divina, faria com que,por onde chegássemos, fosse perceptível a existência de um Deus (o único), capaz de criar algo à sua própria imagem e conforme a sua própria semelhança.

Nos primeiros capítulos da Lei, vemos no Livro de Gênesis, um dos relatos mais comprometedores no tocante a nossa obrigação em valorizar as capacidades concedidas por Deus, afinal, Ele mesmo, fez questão de, diferente dos demais seres criados, colocar a mão na matéria-prima e dar forma conforme sua vontade e,não satisfeito, soprar um fôlego seu em nossas narinas. Quando Ele assim procede, obviamente quebra um modelo estabelecido anteriormente   baseado tão somente em sua própria Palavra para que as coisas e os seres surgissem, e mais que isso, não satisfeito, adorna a criação humana com a mais célebre das virtudes como dissemos anteriormente. Essa capacidade de discernimento, própria de Deus, algo que Ele nos ofertou graciosamente, embora indispensável para que Adão possuísse o governo e o domínio perante os demais elementos da criação de Deus, hoje em dia, infelizmente, parece ser negligenciada e tida como não muito importante a muitos crentes que, levados por ventos de doutrina, palavras persuasivas, e até mesmo testemunhos fraudulentos, dão extremo valor e carater de inerrância à palavra de muitos, principalmente àqueles que ostentam um título eclesiástico. 

Não bastasse o tempo ser trabalhoso, ainda temos uma grande oportunidade de observar o trabalho do maligno em mais uma situação este ano: As eleições. Neste período, há um verdadeiro festival de safadeza e leviandade por parte de grande parte dos candidatos e de muitos pastores que vendem o rebanho do Senhor em troca de sabe-se lá o quê... Na sua frente falam bonito, usam terno 'de varão', bíblia debaixo do braço e toda hora estão em um culto diferente,manipulando muitos crentes que se deixam levar pela aparência e mesmo pela palavra de muitos pastores que dizem para votar neste ou naquele candidato. Nessa confusão criada por muitos, até parece que qualquer um destes candidatos usará de alguma espiritualidade dentro das Câmaras de Vereadores, Prefeituras, ou mesmo Senado e Câmara Federal... Quando eleitos, nada produzem em nome de uma sociedade mais justa, mais desenvolvida, menos desigual, com maior qualidade nos serviços públicos, nada disso! Tão somente utilizam-se da aparência gospel, do rótulo evangélico e ganham às custas daqueles que ingenuamente, votaram neles e,depois, passam a ser sustentados por toda a sociedade que a todo o momento é assaltada pelo Estado pagando, em absolutamente tudo, tributos que nem mesmo César fora tão criativo em estabelecer, justificando o fato do Brasil ser um dos campeões em termos de custo ao seu povo.

Não se permita enganar, ainda que desça na sua frente um anjo com uma espada flamejante na mão, coberto de fogo e "sapateando no poder", dizendo que você deve votar neste ou naquele. Avalie, pense, passe o candidato pelo crivo da Palavra de Deus e veja se realmente, ele é aprovado pela Escritura, veja se seu carater é conforme o modelo de governante estabelecido pela Escritura e, então, vote ou não vote neste ou naquele, mas o faça com consciência, sabendo que isto afetará a tua vida por longos quatro anos!

#paz

Texto Original de::  +Gabriel Queiroz 
Link no Facebook: Verdade Profética

Ads


Compartilhe!