17/10/2013

EBD: Resumo Geral da Lição 03: Trabalho e Prosperidade


Segue o resumo geral da lição que será ministrada dia 20 de Outubro de 2013 na Escola Dominical: 

I - A METÁFORA DO CELEIRO E DO LAGAR (Pv 3.9,10): No texto em questão, o sábio utiliza-se de uma metáfora para apresentar a vida abundante que haverá naqueles que obedecem a Deus (Dt. 28.8),  honrando-o. No mesmo texto,porém, há uma clara distinção entre o resultado financeiro ocasionado pelo esforço, e aquilo que é a genuína prosperidade, isto é, neste sentido, a prosperidade é tida como resultado da ação direta de Deus e não algo fruto de nossas ações unicamente (Pv.10.22). 

II - A METÁFORA DA FORMIGA (Pv 6.6-11): Outra metáfora que,desta vez, aponta para duas questões fundamentais a respeito das formigas: (a) sabem poupar e (b) são autônomas. No item (a), quando o texto fala de "vai ter com a formiga", o real sentido da palavra hebraica quer transmitir o "mover-se", ou seja, tomar uma atitude na vida (Pv.6.6). E, como no verão elas preparam a sua comida, o cristão também deve poupar seus recursos para o momento do "inverno" (Pv. 30.25). E, em (b), note-se que as formigas não possuem nenhum superior e,mesmo assim, sabe suas obrigações e não foge delas (Pv. 6.7,8).

III - A METÁFORA DO LEÃO (Pv 22.13; 26.13): O autor também utiliza-se de um argumento muito interessante para identificar o preguiçoso: a figura do leão. Isso em dois momentos (22.13 e 26.13), com o mesmo sentido de uma fuga, uma desculpa do indivíduo para não ir ao trabalho, dizendo que não irá pois há algo no caminho, há um 'leão' do lado de fora.

IV - O TRABALHO E A METÁFORA DOS ESPINHEIROS (Pv 24.30-34): Como também possui uma dimensão espiritual, como visto anteriormente no item I, o trabalho demonstra espiritualidade, uma vez que o autor diz que aqueles que são preguiçosos, não têm entendimento,no original esta palavra quer transmitir algo muito mais profundo, como relacionando-os a coração, entendimento e mente; a idéia é mostrar o que há no interior do homem, ou seja, a espiritualidade. O trabalho demonstra,então, espiritualidade (Ef. 4.28; 2Ts. 3.10). A análise do sábio sobre a inércia do preguiçoso, que favoreceu o nascimento de espinheiros dentro da plantação, é uma forma de ironizar o ócio dele (Pv 24.33,34), também para mostrar que de braços cruzados ninguém prospera! 

CONCLUSÃO: O trabalho dignifica o homem e é por isso que devemos levá-lo a sério. Trabalhando, alcançaremos a verdadeira e bíblica prosperidade.

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *
Respostas:

1. O que representam as metáforas do lagar e do celeiro?
R: Representa uma vida abundante.

2. Qual a exortação do sábio na metáfora da formiga?
R: Termos uma atitude prudente diante da realidade da vida.

3. Segundo o erudito Derek Kidner, qual o contraste entre as formigas e o preguiçoso?
R: A formiga não precisa de fiscal, enquanto o preguiçoso precisa ser advertido o tempo todo.

4. Segundo Matthew Henry, por que não elevemos temer "o leão do trabalho”? 
R: Esse “leão" é fruto da imaginação do preguiçoso e só serve para reforçar a sua inércia.

5. De acordo com a conclusão da lição, elabore uma frase ressaltando a visão bíblica e equilibrada entre o trabalho, Deus, a família e o lazer.
R: Resposta pessoal.

Ads


Compartilhe!