01/05/2013

EBD 2° Trimestre de 2013: Lição 05 - Conflitos na Família

Bom,chegamos a quinta lição deste segundo trimestre de 2013,e trataremos,nesta lição, dos conflitos que atingem a família neste tempo. Na última lição vimos os ataques do inimigo contra a família, e agora, veremos os problemas que envolvem a família pelo lado de 'dentro', ou seja, aquilo que a  atinge por fatores internos.Bom estudo e boa aula! - Editor.

Lição de número 05 a ser ministrada dia 05/Maio/2013 nas Assembleias de Deus

I-DESENTENDIMENTO ENTRE OS CÔNJUGES

Os desentendimentos já fazem parte das famílias, há muito tempo, desde o momento que há a queda, no Éden, desfazendo a plena comunhão com Deus, gerando toda sorte de conflitos, desgastes e desconfortos.

1-Temperamentos diferentes:

Dentre os varios motivos que desencadeiam o desentendimento entre os cônjuges  o que mais se destaca é o temperamento.Trata-se da combinação de características inatas que herdamos de nossos pais que, de forma inconsciente, afetam nosso comportamento.

1.1- Esaú e Jacó:

Um caso bíblico que é clássico de temperamentos diferentes e suas consequências, é a relação entre Esaú e Jacó. Os filhos de Isaque, gêmeos, mas que eram completamente diferentes. Eis as principais diferenças entre os dois irmãos:
  • Diferença nas aptidões (Gênesis 25.27): Enquanto que Esaú era mais ligado ao campo e à caça, Jacó preferia viver em tendas;
  • Diferença de valores (Gênesis 25.30-34): Jacó tinha por importante a bênção da primogenitura, que era direito de Esaú, valorizava isto pois entendia ser importante enquanto que Esaú preferiu satisfazer seu desejo momentâneo, cedendo a sua fome;
  • Diferença nas relação com os pais (Gênesis 25.28):Embora seja extremamente errado, a preferência por este ou aquele filho é comum em todas as famílias, não quer dizer que os pais escolhem uns filhos e rejeitam outros,mas, que se identificam com este ou aquele, o que pode gerar conflitos; 

Demonstrando as diferenças entre Esaú e Jacó que, mesmo sendo irmãos, eram extremante diferentes, vemos a fúria de Esaú ao perceber que seu pai, Isaque, já havia dado sua bênção a Jacó, e promete matar seu próprio irmão (Gn. 27.41). Tal promessa feita por Esaú somente foi vencida pelo tempo e pela distância (Gn.33.4).

2-Fatores que trazem conflitos:

Diversos são os fatores que trazem conflitos no lar,a Lição apresenta quatro como aqueles principais, são eles:
  • Falta de Confiança;
  • Tratamento grosseiro;
  • Dívidas;
  • Infidelidade.
Dentro destes fatores que causam conflitos no lar, não há um que seja o pior, ou o mais comum, pois todos envolvem a relação do casal, assim sendo, numa família, o casal pode ter falta de confiança, por diversos motivos, e,ao mesmo tempo, não nenhum problema com as dívidas,por exemplo. Aliás, não devemos considerar que um destes fatores seja demasiadamente insignificante que não ocasione os demais. 

II- ATIVIDADES PROFISSIONAIS DOS PAIS

É fato que todos devemos trabalhar, estudar e se qualificar, isto não é privilégio somente dos filhos,mas, também dos pais, nada deve tornar-se,porém, como motivo para os pais serem distantes de seus filhos.Uma das questões que mais causam conflitos nas famílias é quando os pais não têm tempo para seus filhos, dedicando-se mais ao trabalho e, os filhos, crescem sem nenhuma disciplina, sem referências e,principalmente, sem uma fé sólida,pois não foram ensinados.

1-A mulher no mercado de trabalho:

Devido às modernas demandas sociais, a mulher deixou de se dedicar exclusivamente às funções domésticas, e passou também a exercer funções em empresas e organizações diversas, ocupando a maior parte do seu tempo em atividades profissionais. Mas essa mudança tem trazido sérias consequências. Há mais de uma década, para cada dez homens que morria de infarto, apenas uma mulher sofria desse mal. Hoje, o número de mulheres que morre desse mal subiu para quatro.

2- A ausência dos pais prejudica a criação dos filhos:

Sem a presença dos pais, as crianças ficam desorientadas. Muitas vezes elas convivem com pessoas que não têm a menor capacitação para educá-las. Por outro lado, algumas crianças ficam o dia todo em frente da “babá eletrônica”, a televisão, ou com a “mestra eletrônica”, a internet. Ali, são “educadas” pelos heróis artificiais. As figuras do pai e da mãe presentes estão cada vez mais escassas. Tal ausência é sentida quando os nossos filhos entram na adolescência, uma fase de novidades e mudanças bruscas.


                                    Infidelidade

Texto original de †Gabriel Queiroz - Blog Verdade Profética

Cópias liberadas desde que seja informada fonte original com link.

Compartilhe!